Contrate um show na Agência do Portal

Espaço do Contratante

Aqui você pode encontrar informações relevantes sobre seu trabalho de contratante ou produtor local.

Então você está interessado em contratar um show de Stand Up e não sabe por onde começar? Fica frio, aqui você vai encontrar dicas e esclarecer dúvidas sobre esse estilo que agrada desde eventos empresariais até grandes teatros e festas de cidades.

Da organização do evento

O Stand Up Comedy por si só não requer muita estrutura. O Rider Técnico exigido para um show padrão é bem simples, desde que seguido com bom senso e qualidade.
Como é um estilo de apresentação que exige atenção do público o tempo todo, o local de apresentação não pode ser muito amplo (com mesas sem visibilidade do palco) nem possuir obstáculos (como pilares atrapalhando a visão, garçons que não param de passar em frente do público, bares fazendo barulho com liquidificadores, uma rua super movimentada…).
A iluminação e o palco devem estar adequados para que o humorista seja o centro da atenções sempre. Ideal que a iluminação do ambiente seja diminuída ou até mesmo desligada e só o palco iluminado, mesmo que a apresentação seja num bar ou restaurante.
Muitos contatantes querem que o show seja feito durante um jantar. Não recomendamos. O ideal seria que a apresentação fosse antes do jantar, assim todos apreciam o comediante e depois jantam com tranquilidade. Colocar o show após o jantar corre o risco das pessoas estarem distraídas ou embriagadas, causando inconvenientes ao humorista.
Clique aqui para baixar um Rider Técnico Básico.

Do transporte

Geralmente o comediante viaja sozinho com um produtor de confiança, o que reduz muito os custos de hospedagem e transporte, já que não é necessária uma equipe técnica.
Na cidade é importante que haja um carro a disposição pra levar e trazer o humorista para o hotel e evento, ou que a produção arque com os custos de taxi. Não é legal deixar o artista na mão pra isso, já que sempre há horário pra se cumprir e locais específicos que o humorista não sabe chegar. É dever do produtor local conduzir essa logística toda.

Da alimentação

Humoristas comem. E muitos restaurantes locais gostam de receber artistas. O ideal é fechar apoios e parcerias com restaurantes bacanas e levar o artista para comer lá. Assim reduz o preço de produção e ajuda a divulgar a gastronomia local, colocando o logotipo do restaurante no material gráfico e nos agradecimentos.

Da hospedagem

Não é necessario um hotel 5 estrelas, com travesseiro de plumas de ganso e toalhas bordadas. Mas como diz Bruno Motta “nos colocam pra fazer show num puta de um Hotel e nos hospedam num hotel de puta”.
Se couber nos custos  da produção ou conseguirem apoio, um pouco de conforto não vai mal. Até porque geralmente são poucas horas de descanso que o artista terá entre o show e um voo ou entrevista. Mas existem casos de orçamento restrito e os humoristas compreendem se tiverem que ficar em algum lugar básico. Importante que tudo seja bem conversado e ninguém pego de surpresa tendo que dormir num pulgueiro. O artista deve ser respeitado.

Da divulgação

O ideal para uma boa produção local: contatos de apoio para alimentação, um bom hotel, transporte entre os locais e simpatia do produtor. Mas tudo isso não vale muito se não houver uma boa divulgação.
Ela deve ser levada muito a sério. Entrevistas em rádios locais, televisões locais, outdoors, busdoor, distribuição de flyers e cartazes nos pontos de grande movimento. Deixar a coisa ir no boca a boca não é nada conveniente. A internet ajuda muito nessa batalha, mas restringe o público. Anúncios em jornais e revistas são muito importantes, além de distribuição de cortesias (dentro do limite estipulado no contrato) e sorteios.

Do contrato

É imprescindível que haja um contrato assinado por ambas as partes antes da viagem/show. O contrato é a forma de evitar qualquer desavença ou inconveniência que possa surgir. Este deve ser detalhado, mesmo que quase não hajam exigências e restrições das partes. E deve se tomar cuidado com ambiguidades que podem gerar discussões intermináveis.

Resumindo, não é difícil muito menos complicado criar um evento com stand up comedy. Apenas tendo profissionalismo, bom senso e capricho tudo fica bem gostoso e divertido para você, seus clientes, seu público e humorista!!!

Bom show!

Para mais dicas ou contratar um humorista, acesse ‘Contato‘ e preencha o formulário.

 

Por: @myapacioni