Danilo Gentili

Bio

Desde 1979 estragando tudo e decepcionando pessoas.

Contrate

Saiba mais

Danilo Gentili Júnior (Santo André, 27 de setembro de 1979) é um humorista, escritor, cartunista, repórter, empresário e apresentador brasileiro. Faz parte da nova geração de humor, a da stand-up comedy. Ganhou projeção nacional como integrante do programa de humor jornalístico Custe o Que Custar, da Rede Bandeirantes e atualmente como apresentador do talk-show Agora é Tarde.

Danilo Gentili formou-se em 2003, no curso de Comunicação Social - Publicidade e Propaganda da UniABC. Em 2006 fundou o Comédia ao Vivo, show de humor de sua própria autoria. Neste mesmo ano, passou a integrar o espetáculo de comédia Clube da Comédia Stand-Up. Além disso, transita por grandes festivais e eventos como o Comédia Em Pé, no Rio de Janeiro, e o Risorama, mostra oficial de humor do Festival de Teatro de Curitiba, o maior acontecimento público da comédia nacional. Danilo é ainda cartunista e chargista. Manteve uma coluna às segundas-feiras em um dos jornais de maior tiragem do País, o Metro. Em 2008 foi premiado como Paulistano do Ano pela Revista Veja e foi colaborador de uma das revistas de maior circulação nacional, a Mad. Em 2010, ao lado de seu colega de comédia Rafinha Bastos e seu produtor Italo Gusso, abriu na Rua Augusta, em São Paulo, o primeiro comedy club do Brasil, chamado de Comedians. O local tem como molde as tradicionais casas americanas do gênero.

Após algumas incursões na televisão, principalmente em entrevistas e em vinhetas da MTV, foi selecionado para participar do programa de humor Custe o Que Custar (CQC), da TV Bandeirantes. No teste para ingressar no programa, deixou o cantor Agnaldo Timóteo escandalizado com suas colocações despropositadas, o que lhe valeu o emprego (a participação, que era para ser temporária, foi um sucesso e efetivou-se no programa). No programa, tornou-se rapidamente destaque graças ao quadro Repórter Inexperiente, em que se passava por um novato que só fazia perguntas confusas. Com o término do quadro de Repórter Inexperiente, o humorista destacou-se no CQC em matérias nas ruas e principalmente na área política. No Congresso Nacional, virou o terror dos políticos, que tentavam evitar ser ridicularizados ao se deparar com perguntas do repórter em que eram confrontados com verdades que os espectadores gostariam de lhes falar pessoalmente. Atualmente, na nova temporada de 2011 do programa CQC, Danilo Gentili é responsável pelo quadro "Identidade Nacional".

Apresentador e co-criador do late night Agora é Tarde. O programa estreou em junho de 2011 na Band e surpreendeu com a audiência e boas criticas.

O Comedy Central Apresenta é o primeiro conteúdo brasileiro do Comedy Central produzido no Brasil. Danilo Gentili foi o apresentador escolhido pelo canal para o projeto que consiste em uma tradicional noite de comedia stand up. Danilo é o Mestre de Cerimônia apresentando os comediantes do show.

Junto com o seu colega de trabalho, Rafinha Bastos e o empresário e produtor Italo Gusso (que viraram sócios dele), Danilo Gentili acabou virando empresário criando o Comedy Club Comedians, clube que funciona de quinta a domingo.

Em 2011 Danilo Gentili foi citado no The New York Times pelo seu trabalho de comediante no Brasil. Sobre o comediante, o The New York Times disse:
"Supplying Brazil’s Laugh Track" - Com seu rosto de bebê, e riso de menino pateta, Mr. Gentili, 31, é o terrível infante da comédia no Brasil. Ele construiu sua reputação com uma vontade de perguntar a celebridades - e, especialmente, políticos - questões que são consideradas embaraçosas, ultrajantes ou desrespeitosas. Em junho, ele tornou-se apresentador de um talk show de fim de noite em uma rede nacional e a grande questão agora é: Será que esse formato de sucesso irá domesticá-lo? Até agora, a resposta é não."
"A Brazilian’s Comic Mania: Social Media" - Danilo Gentili, sócio de um comedy club em Sao Paulo tem mais de um toque de Bill Maher nele, como mostrado por um DVD chamado "Politicamente Incorreto. "
"Comediantes stand-ups no brasil nao sao considerado artistas, estamos em comparação com punks tocando na garagem para ver o que acontece, e eu estou bem com isso", disse Gentili, 32 anos, que acaba de ganhar um talk show de fim de noite na rede Bandeirantes."

"Brazil's stand-up comics lead social revolution against powerful elites" - A comédia de Danilo Gentili chamou atenção também do principal jornal da Inglaterra, The Guardian. Na matéria de Tom Phillips, Danilo é citado como um comediante que lidera uma revolução no humor do país e como "um comediante altamente controverso, mas também muito popular que está abrindo caminho para stand up comedy na maior nação da América do Sul."
O jornal deu destaque paras as seguintes falas de Danilo: ”Nós ganhamos dinheiro desta forma. Se as pessoas ficam na TV eles vão ganhar mais dinheiro, melhor ainda. Mas se não, dane-se. Isso vai continuar acontecendo. Então, eles não devem obediência a ninguém.”
"Em qualquer lugar do mundo as pessoas entendem que o papel do comediante é fazer piadas. Um dia eles vão entender que no Brasil também, eu espero", disse ele.

Danilo Gentili foi novamente personagem de uma matéria na mídia estrangeira. Depois do inglês 'The Guardian' e do americano 'The New York Times', agora é alemã Manager Magazin - revista de negócios do grupo Der Spiegel, um dos mais importantes da alemanha - quem cita o brasileiro.
No artigo, que chama a atenção para o avanço do mercado da tecnologia no Brasil, Gentili é apresentado como um comediante influente na internet, com mais de dois milhões de seguidores no Twitter.
O texto também faz referência a uma piada feita pelo apresentador no dia 11 de agosto duarante o seu late night Agora é Tarde. Na ocasião, Danilo apresentou o I-Credo, “o primeiro tablet produzido no Brasil”.

Danilo Gentili foi destaque de outro artigo britânico, dessa vez a 'Prospect Magazine', que compara o comediante a Jon Stewart e diz que Danilo é o comediante que todos devem ficar de olho, sendo um dos responsáveis por ajudar o Brasil a igualar o peso econômico ao peso cultural.

A renomada revista americana Forbes elegeu Danilo Gentili como um dos nomes que todos devem saber. Além de um breve histórico sobre o comediante e uma pequena entrevista, a revista destaca que Danilo é o atual fenômeno cômico do país.

O livro “Como se Tornar o Pior Aluno da Escola”, de Danilo Gentili, ganhou um selo avisando que ele é recomendado para maiores de 18 anos. A medida foi tomada pela editora Panda Books depois de ter sido chamada pelo Ministério Público. A polêmica começou depois que pais de adolescentes que compraram o livro fizeram uma reclamação anônima ao Ministério Público. Para eles, o conteúdo da publicação poderia ser maléfica aos estudantes. A editora foi chamada para conversar amigavelmente e acatou a recomendação de colocar o selo indicativo nos livros.

Politicamente Incorreto
No dia 1 de outubro de 2010, o humorista transmitiu primeiro solo de stand-up político do País com transmissão ao vivo. 1 milhão e 200 mil pessoas assistiram o show transmitido pelo portal UOL. O show rendeu 1 DVD, 1 audio-livro em CD e disponível para download e o livro "Politicamente Incorreto".

Danilo Gentili: Volume 1
Após anos de apresentações em bares e teatro Danilo Gentili fez a seleção natural do Stand-up: compilou em uma hora e meia o melhor de seu material testado e aprovado pelo público. Com base nas observações do cotidiano e da própria vida e do ponto de encontro entre a visão do comediante e da platéia, nasceu esse tradicional show de comédia stand-up.